Batman | Darren Aronofsky queria Joaquin Phoenix como o herói em seu projeto

18/09/2017 às 12:26hs

Em sua estreia na direção, Darren Aronofsky (Mãe!) despontou com Pi (1999) e chamou a atenção da Warner, que estava procurando uma nova direção para o Homem-Morcego após o fracasso de Batman & Robin (oremos). Inicialmente, Aronofsky imaginou uma adaptação de O Cavaleiro das Trevas, do gênio Frank Miller, com ninguém menos que Clint Eastwood como o Batman envelhecido.

Porém, o estúdio tinha a ideia de usar uma história de origem do herói, e assim Darren passou a trabalhar no roteiro de uma adaptação de outro arco escrito por Miller: Batman: Ano Um. A visão do diretor, no entanto, sugeria uma mudança drástica: E se Bruce Wayne fosse pobre? Essa ideia incluía uma versão do Alfred que se chamaria “Al”, e que seria só um mecânico responsável pelo Batmóvel. Aliás, o carro do Morcegão também seria bem diferente, sendo basicamente um carro comum com modificações.

O escolhido pelo diretor para o papel principal seria Joaquin Phoenix (Ela), o que realmente poderia ser interessante na época. A ideia de adaptar Ano Um não foi totalmente descartada, já que o Batman Begins, de Christopher Nolan tem a mesma fonte.

Aronofsky também revelou que tinha a ideia de fazer um filme do Coringa passado na d[ecada de 80, um thriller de crime parecido com Taxi Driver, algo muito similar com o que está sendo desenhado agora por Todd Phillips.

Mãe!, novo filme de Darren Aronofsky, estreia no Brasil no dia 21 de Setembro.

 

Conteúdo Relacionado