Crítica | Tensão e metáforas do filme “Nós”

Seguindo a qualidade vista em Corra, “Nós” prende o espectador com sua trama cheia de tensão.

31/03/2019 às 18:03hs

Entre clichês e mais do mesmo, o terror vem ganhando novas faces nos últimos anos. Com tramas cada vez mais recheadas de simbolismo e tensão, o horror vem renovando ao abordar temas relevantes do momento, e se destacando por sua forma diferente de nos assustar com sua aparente estranheza.

Dentro deste contexto, “Nós”, mais novo trabalho do diretor Jordan Peele (do ótimo Corra) traz essa imersão gradativa ao terror. A trama conta a história de uma família curtindo as férias na praia, quando são surpreendidos por estranhos idênticos à família, em uma versão diabólica, que passa a persegui-los.

Família vestidos de macacão vermelho, com a lareira acessa atrás.
Nós – 2019

Além de ser um filme de perseguição, “Nós” é aberto a diversas interpretações, deixando o telespectador absorver os elementos da trama da forma que achar melhor, com cenas bem dosadas que causam desconforto, seja pela trilha sonora ou através de enquadramentos, nos colocando no lugar dos personagens.

Seguindo a linha de Corra, o longa traz margem à interpretação através de críticas sociais, utilizando metáforas que tratam da questão da desigualdade e privilégio, onde uma sociedade prospera em cima de outra marginalizada, sem oportunidades, que consegue ascender ao mesmo lugar que a sociedade privilegiada, porém, alimentada com o ódio causado pela desigualdade.

Outra margem de interpretação que o filme nos fornece é a ideia de que reprimimos nosso lado oposto, uma versão animalesca de nós mesmos que nos negamos a ter que lidar, o que é mostrado quando cada personagem tem que enfrentar seu oposto, passando também a ideia de que somos nossos piores inimigos.

Porém, o longa não se limita a somente metáforas. Fica bem claro que os realizadores se inspiraram em diversos filmes, e mesmo sendo perceptível referências a clássicos do terror como O Iluminado, a película passa um ar inovador, com uma história muito bem amarrada.

Garoto vestido de vermelho em meio as chamas.
Nós – 2019

Nós é sem dúvida uma obra muito interessante, recheado com boas cenas que prendem nossa atenção. Não é de estranhar que se saia da sessão com vontade de assistir mais de uma vez, já que o diretor conseguiu repetir a qualidade vista em seu último filme, nos trazendo diversas reflexões sobre nós mesmos e nossa própria sociedade.

Confira o Trailer:

Nós |Trailer

Conteúdo Relacionado